{Conversinha} Férias

Segundo livro da série Família Walsh.

Livro: Férias
Autora: Marian Keyes
N° de páginas:
Editora: Bertrand Brasil
Faixa etária: +18
Nota:

Sinopse: "Rachel Walsh tem 27 anos e a grande mágoa de calçar 40. Ela namora Luke Costello, um homem que usa calças de couro justas. E é amiga - pode-se mesmo dizer muy amiga - de drogas. Até que a sua vida vai para o Claustro - a versão irlandesa da Clínica Betty Ford. Ela fica uma fera. Afinal, não é magra o bastante para ser uma toxicômana, certo? Mas, olhando para o lado positivo das coisas, esses centros de reabilitação são cheios de banheiras de hidromassagem, academia e artistas semifissurados (ao menos ela assim ouviu dizer). De mais a mais, bem que já está mesmo na hora de tirar umas feriazinhas. Rachel encontra mais homens de meia-idade usando suéteres marrons e sessões de terapia em grupo do que poderia supor a sua vã filosofia. E o pior é que parecem esperar que ela entre no esquema! Mas quem quer abrir as janelas da alma, quando a vista está longe de ser espetacular? Cheia de dor-de-cotovelo (o nome do cotovelo é Luke), ela busca salvação em Chris, um Homem com um Passado. Um homem que pode dar mais trabalho do que vale... Rachel é levada da dependência química para o terreno desconhecido da maturidade, passando por uma ou duas histórias de amor, neste romance que é, a um tempo, comovente, forte e muito, muito engraçado."


Está aí um livro que ri e chorei! Curti muito e achei o tema central de uma importancia ímpar, retratar sobre a dependência química, os efeitos que isso traz à vida de uma pessoa, a dificuldade de recuperação...tudo tudo muito a ver com o que vivemos em muitos lares hoje em dia.

Afinal, esse problema não escolhe cor, raça, classe social e nem nada, simplesmente abate as pessoas do nosso mundo atual. Muito se fala sobre independência, carreiras, modernidades e etc, mas há algo mais profundo, uma busca interior maior e a consciência de "algo faltando" leva muitos a procurar nas drogas, bebidas e tantos outros vícios isso que falta.

E é exatamente isso que a personagem Rachel Walsh vive no livro, o titulo férias é uma paródia ao centro de reabilitação para qual ela foi após uma overdose e lá dentro é levada a se confrontar com todas as verdades de sua vida, desde traumas de infância, baixa auto-estima e o fracasso que é a sua vida.

A autora detalha muitíssimo bem o estrago que o fato de ser toxicômana faz na sua vida pessoal e profissional. 

Porém, é lógico o livro pra ser bom, tem um final feliz né? ela se supera, continua firma na recuperação e no final consegue de volta o amor de sua vida...

Vale a pena ler pessoal!

bjkasss

Leila     

Um comentário:

  1. Sinceramente? Eu gostei, mas prefiro Melancia!
    bookaholicandshopaholic.blogspot.com

    ResponderExcluir