Resenha - Brisingr (#3)

Resenha do terceiro livro da série O Ciclo da Herança!

Livro: Brisingr
Autor(a): Christopher Paolini
N° de páginas: 706
Editora: Rocco Jovens Leitores
Faixa etária: 12+
Nota: 5/5

Sinopse: "Em Brisingr, Eragon e seu dragão, Saphira, conseguiram sobreviver à batalha colossal na Campina Ardente contra os guerreiros do Império. No entanto, Cavaleiro e dragão ainda terão de se deparar com inúmeros desafios. Eragon se vê envolvido numa série de promessas que talvez não consiga cumprir, como o juramento a seu primo, Roran, de ajudá-lo a resgatar sua amada Katrina das garras de Galbatorix. Todavia, Eragon deve lealdade a outros também. Os Varden precisam desesperadamente de sua habilidade e força, assim como elfos e anões. Com a crescente inquietação dos rebeldes e a iminência da batalha, Eragon terá de fazer escolhas que o levarão a atravessar o Império, viajando muito além. Escolhas que poderão submetê-lo a sacrifícios inimagináveis? Conseguirá o jovem unir as forças rebeldes e derrotar o Império?"

Bom gente, acho que esse foi o melhor da série, mas fico meio em dúvida pq eu tb amei o Eldest! Eu acho que esse teve muita aventura do começo ao fim, mas teve muito Roran. Já o Eldest tb teve muito Roran (kkkkk), mas contou com o elemento surpresa no final.

Bom, a guerra na Campina Ardente acabou, e a preocupação de Eragon começa a aumentar: só conseguiu escapar de Murtagh pq ele teve piedade, mas na próxima isso não iria acontecer. Eragon vai ao Conselho dos Clãs para decidir quem será o novo rei, e lá quase é morto e perde um amg anão, mas finalmente, Orik é coroado o Novo rei. Eragon tem que voltar depressa para os Varden, pois Saphira está lá e Nasuada está tentando fingir que ele ainda está presente, para Galbatorix não atacar, e cada minuto que ele passa lá é precioso. Então dps de Orik sendo o novo rei, Eragon chama Saphira e eles partem para Ellésmera em busca de como derrotar Galbatorix. Descobrem vária coisas em sua passagem a cidade élfica, uma delas, inclusive, a história de Brom e de Selena (mãe de Eragon), e Eragon acaba descobrindo ser filho de Brom, a outra eles descobriram por meio de Oromis e Glaedr: os dragões possuem os corações dos corações (uma éspecie de jóia que armazena a alma dele, se ele morrer ele pode escolher armazaná-la lá dentro, porém poucos o fazem pois terão que viver lá pra sempre - a não ser que eles convençam alguém do lado de fora a quebrar a jóia -, e se seu Cavalheiro estiver morto eles ficam loucos e sosinhos) e Galbatorix capturou todos os corações dos corações e os usa para ficar poderoso. Eragon decide que precisa de uma espada digna de um Cavalheiro e acha o mineral para fazê-la com muito esforço, usando oq Solembum disse, e a ferreira dos elfos a produz por meio dele para não quebrar seu juramento. A espada é a melhor já criada, e Eragon a nomeou de Brisingr, e ela, quando dito deu vdd nome, se acende em chamas azúis de todas as cores de Saphira. Depois Glaedr e Oromis saem para ajudar os elfos na batalha de conquista por Gil'ead, mas antes Glaedr dá seu coração dos corações para Eragon, podendo ajudá-lo se precisasse, e conseguir ajudar Oromis tb. Eragon parte para Feinster para ajudar os Varden. Chega bem a tempo e ajuda-os a vencer a guerra, e a destruir um novo Espectro criado por 3 feitiçeiros, com ajuda de Arya. Porém, por meio do coração dos corações ele descobre que Oromis morreu quando estava lutando com Murtagh: Galbatorix se apossou do corpo de Murtagh, bem quando Oromis teve um espasmo, e Galbatorix o matou. Gaedr tentou matar Murtagh mas acabou sendo morto por seu dragão. Eragon carrega tristeza e dor, e uma grande responsabilidade, sabendo que a guerra ainda não acabou. Galbatorix ainda precisa ser morto.

Foi mt bom esse livro! Acho que prefiro esse mesmo... rsrs
Bjs

Maria Clara

0 comentários:

Postar um comentário