Resenha - Rangers A Ordem dos Arqueiros - As Ruínas de Gorlan

Primeiro livro da série Rangers a Ordem dos Arqueiros.

Livro: As Ruínas de Gorlan
Autor: John Flanagan
N° de páginas: 334
Editora: Fundamento
Faixa etária: 8+
Nota: 5/5

Sinopse: "Durante a vida inteira, o pequeno e frágil Will sonhou em ser um forte e bravo guerreiro, como o pai, que ele nunca conheceu. Por isso, ficou arrasado quando não conseguiu entrar para a Escola de Guerra. A partir daí, sua vida tomou um rumo inesperado: ele se tornou o aprendiz de Halt, o misterioso arqueiro, que muitos acreditam ter habilidades que só podem ser resultado de alguma feitiçaria. Relutante, Will aprendeu a usar as armas secretas dos arqueiros: o arco, a flecha, uma capa manchada e... um pequeno pônei muito teimoso. Podem não ser a espada e o cavalo que ele desejava, mas foi com eles que Will e Halt partiram em uma perigosa missão: impedir o assassinato do rei. Essa será uma viagem de descobertas e aventuras fantásticas, na qual Will aprenderá que as armas dos arqueiros são muito mais valiosas do que ele imaginava."

Oi gente! Quanto tempo hein? Rsrs malz, é que estava sem nada para atualizar, mas já li Rangers e estou lendo Eldest (na metade, mas tá bom né?) e amanhã é bem capaz que comece a ler Rangers - Ponte em Chamas (estou lendo essa série em pdf, no iPad até que é legal) e termine no mesmo dia... Como dá para perceber a série te envolve completamente! Vamos a resenha:

Will é um garoto fraco e pequeno que apareceu do nada sem ngm saber seu sobrenome nem seus pais. Ele foi levado pelo barão Arald e criado como uma espécie de orfão, em um lugar no castelo onde crianças sem pais podiam ficar. Davam para eles certa profissão se eles passassem na Escolha, onde eles eram apresentados aos chefes de cada especialidade, como cozinha, diplomacia, guerra, arcos... Will sempre planejou ir para a Escola de Guerra, mesmo tendo consciência de seu tamanho. Apesar de não aparentar ser muito forte, era mais forte do que alguns esperavam e era também rápido, habilidoso, bom em esconderijos, se esquivava e acompanhava o movimento das sombras, camuflando-se, passando despercebido. No dia da Escolha Will tentou ir para a escola de guerra, mas o Sir Rodney não o aceitou, nem nenhum dos outros mestres com vagas disponíveis. Will sabia que quem não conseguisse ser aceito se tornaria fazendeiro, ele temia isso, queria orgulhar o pai, mesmo sem conhecê-lo sabia que este havia sido um grande guerreiro. Will estava desesperado. Então o chefe dos Arqueiros, Halt entregou um papel para o barão, deixando Will curioso, pois dps de ter lido o papel o barão disse que tomaria uma decisão mais tarde. Will estava tão curioso que, furtivamente, entrou no castelo e quando estava prestes a pegar o papel, Halt o pegou e levou para o barão, que disse à Will que poderia ir ser aprendiz de Halt (era tudo para testar Will, e ele passou, pois entrou sem ser visto), porém os Arqueiros eram mal-falados, o povo dizia que usavam magia negra, e Will não sabia ao certo se queria ser Arqueiro, mas aceitou, considerando que poderia ser melhor do que ser um fazendeiro. No início quase se arrepende, mas dps acaba aprendendo como manejar o arco, se camuflar, melhora a pontaria, e mesmo sem saber, era um dos melhores nisso tudo. Sua primeira aventura começa num reconhecimento de pegadas, onde encontram um javali selvagem, e os guerreiros do barão, o pŕoprio barão, Halt e Horace (um dos amigos do castelo de Willl, junto com Jenny, George e Alyss) se prepararam para matá-lo. Will fica mais distante observando, como foi ordenado. Matam o porco, e quando estavam admirando seu trabalho, outro porco aparece, e é Will e Horace quem tentam cuidar dele, mostrando sua coragem. Mas Halt quem realmente o mata. Will começa a ser tratado com respeito, e a partir daí Will e Halt saem na Reunião dos Arqueiros, mas descobrem que ,possivelmente, seu pior inimigo está planejando uma guerra, e eles saem à procura de criaturas estranhas e místicas para matá-las e detê-las. Conseguem, Will salva o barão, Sir Rodney e Halt (que estava muito ferido, pois teve que enfrentar os inimigos sozinho por um tempo, pq só depois a ajuda de Will, Sir Rodney, o Barão e Gilan - antigo aprendiz de Halt - chegaram) e se torna famoso, sendo tb compensado com a permissão para ir a escola de guerra, a qual ele recusa e Halt fica feliz (raridade) e conta para Will que seu pai não era formado na escola de Guerra, era apenas um soldado que começou na fazenda, Will ficou desapontado, mas Halt diz que seu pai havia lhe salvado a vida e que era o melhor guerreiro que ele já tinha visto lutar na vida, Will se contenta e se sente orgulhoso por ser filho de tal pai.

Foi isso gente, entrou nas TOP séries com certeza! Muito bom, mistura realidade e fantasia na dose certa!
Bjs e até

Maria Clara

0 comentários:

Postar um comentário