Resenha - A viagem do Peregrino da Alvorada (#5)

Quinto livro (ordem cronológica) das Crônicas de Nárnia.

Livro: A Viagem do Peregrino da Alvorada
Autor: C.S. Lewis
N° de páginas: 232
Editora: Martin Fontes
Faixa Etária: 8+
Nota: 5/5

Sinopse: "Lúcia e Edmundo, com seu odioso primo Eustáquio a tiracolo, embarcam numa incrível viagem de aventuras e descobertas, a bordo do imponente navio Peregrino da Alvorada. Rumo às Ilhas Solitárias, em busca dos sete amigos desaparecidos do pai de rei Cáspian, eles encontram um dragão, uma serpente do mar, um bando de criaturas incríveis, um mágico e o próprio Aslam, o Grande Leão, que os presenteia com uma promessa muito especial."

Lúcia e Edmundo estavam no quarto de Lúcia na casa do primo Eustáquio, que entrou no quarto para infernizá-los, quando o quadro de um navio começa a se tornar realidade e eles ficam à bordo do Peregrino da Alvorada, navio do velho amigo Caspian, que está à procura dos sete fidalgos amigos de seu pai. Viajam juntos, passando de ilha em ilha, e em cada uma delas, acham o fidalgo ou descobrem que este está morto. Vão em ilhas que a água transforma em ouro quem a tocá-la, em ilhas que existem dragões (Eustáquio se transformou em um por usar suas jóias com egoísmo, mas Aslam faz ele voltar ao normal, e a partir daí ele se torna mais educado), em ilhas onde só existem a escuridão, em ilhas de magos e criaturas estranhas, em ilhas onde moram estrelas em forma de gente, até chegarem perto do fim do mundo, onde acreditam ser onde mora Aslam. Aslam aparece para Caspian e diz que ele e seus homens devem voltar, apenas Lúcia, Edmundo, Eustáquio e Ripchip (ratinho guerreiro que jurou não voltar, pois iria morar no País de Aslam) poderiam prosseguir, e assim foi. Quando chegaram ao fim do mundo, uma onde enorme, que ficava parado no ar, dava passagem ao País de Aslam, Ripchip atravessa a onda e nunca mais se ouve falar dele. Aslam aparece e diz que Lúcia e Edmundo não poderão mais voltar. Leva eles para a Terra e diz que ele também existe lá, mas é reconhecido por outro nome.

Acho que essa foi minha minha preferida =D
Bjs e até!

Maria Clara

0 comentários:

Postar um comentário