{Conversinha} Crime e Castigo

Livro: Crime e Castigo
Autor(a): Fiódor Dostoiévski

N° de páginas: 572

Editora: Martin Claret

Faixa etária: 18+

Nota: 4/5


Sinopse: "Publicado em 1866, Crime e Castigo é a obra mais célebre de Fiódor Dostoiévski. Neste livro, Raskólnikov, um jovem estudante, pobre e desesperado, perambula pelas ruas de São Petesburgo até cometer um crime que tentará justificar por uma teoria: grandes homens, como César e Napoleão, foram assassinos absolvidos pela História. Este ato desencadeia uma narrativa labiríntica que arrasta o leitor por becos, tabernas e pequenos cômodos, povoados de personagens que lutam para perservar sua dignidade contra as várias formas da tirania."


Bom, bom...comecei a ler esse livro "clássico" cheia de reservas, pensando que a leitura seria maçante e difícil, e não é que eu me surpreendi...a leitura fluiu super bem e eu gostei muito do livro.

Legal dar uma variada nos estilos de livros, e esse em particular é bem denso e até tenso, rs

Raskólnikov é uma pessoa completamente perdida e desorientada, sem motivação alguma para viver...na ociosidade elabora um plano, assassinar uma velha senhora que penhorava objetos e era uma verdadeira megera. Porém o crime não sai como ele planejou e na hora acaba assassinando também a irmã dela. Depois disso, leva uma vida atribulada e cheia de culpa, hora se entrega à auto-piedade e hora se entrega ao pensamento deslumbrado que alguns crimes deveriam ser considerados atos de bondade.

Enfim, o livro como disse uma amiga que também o leu, é uma "estrada de cascalhos", onde os personagens são envolvidos na trama de Raskólnikov sem saber o que ele realmente fez e não entendem o comportamento super estranho do jovem.

No final, depois de se envolver com uma menina que se prostituiu para salvar a familia de passar fome, se entrega à polícia e vai cumprir a sentença na Sibéria; depois de um ano tem uma mudança de humor e aceita sua condição e abre seu coração à pequena Sófia que o acompanhou até lá.

O livro como eu disse é bem denso e difícil até de passar impressões, é complexo e introspectivo, com nuances religiosos, psicológicos e políticos.

Para quem está procurando algo diferente, fica a dica.

bjins

Leila    

0 comentários:

Postar um comentário