Resenha - Silêncio - Hush, Hush

Livro: Silêncio
Autor(a): Becca Fitzpatrick
N° de páginas: 301
Editora: Intrínseca
Faixa etária: +14
Nota: 3/5

Sinopse: "Nora Grey não consegue se lembrar dos últimos cinco meses. Depois do choque inicial de acordar em um cemitério e descobrir que ficou desaparecida por semanas, ela precisa retomar sua rotina, voltar à escola, reencontrar a melhor amiga, Vee, e ainda aprender a conviver com o novo namorado da mãe. Em meio a tudo isso, Nora é assombrada por constantes pensamentos com a cor preta, que surge em sua mente nos momentos mais improváveis e parece conversar com ela. Alucinações, visões de anjos, criaturas sobrenaturais. Aparentemente, nada disso tem a ver com sua antiga vida. A sensação é de que parte dela se perdeu. É então que o caminho de Nora cruza o de um sexy desconhecido, a quem ela se sente estranhamente ligada. Ele parece saber todas as respostas… e também o caminho até o coração de Nora. Cada minuto a seu lado confirma isso, até que Nora se dá conta de que pode estar apaixonada. De novo. “O relacionamento tempestuoso entre Nora e Patch, o típico bad-boy, é verdadeira e perturbadoramente sedutor.” Publishers Weekly"

Tá, foi melhor que o segundo, mas não estou nem com certeza se vou ler o último. Aiai, vamos lá:

Nora perde a memória dos seus últimos 5 meses. Acorda em um cemitério e descobre que foi raptada. Não se lembra de Patch nem nada dps disso, mas tem pequenas "visões" de algumas coisas, como cor preta (Patch). Aí Scott volta depois de ver os noticiários e explica tudo pra ela. Ah, ela tinha conhecido um tal de Jev que a havia salvado algumas vezes, que é o Patch usando o nome verdadeiro. Se mete em várias encrencas e Patch acaba ele mesmo contando o que Scott não sabia para ela. Juntos tentam um jeito de deter Hank e descobrem, depois de váriaaas coisas, tipo ele (Hank) namorar a mãe dela, hipnotizar ela e coisas do tipo. Patch faz um acordo com os arcanjos para deixarem ele matar Hank, já que, em circuntâncias normais, ele não poderia morrer por ser neflim. Nora também descobre que Marcie provalvelmente não tem mt tempo de vida. Ela acaba se tornando neflim para salvar sua mãe e jurou ter que comandar o exército de neflins que seu pai tinha construído, mas ela não iria guerrear contra a espécie de seu namorado, mas mesmo assim ela sabia que um dia a guerra chegaria.

Sinceramente não teria feito nada que Patch fez por ela, tipo jurar espionar os arcanjos por Hank deixá-la viva e deixar que ele ficasse com suas asa em troca de libertar Nora no verão, mas ta né!

Maria Clara

2 comentários:

  1. Poxa, muitos dizem que esse é o melhor livro da série, tirando o último!
    Eu gostei bastante de Crescendo, então acho que vou gostar desse também... Ou não, né?
    Não gostei nada do fato da Nora ter perdido a memória, tipo, what?
    http://respiramoslivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Kkkk sinceramente? Fiquei rindo da cara dela e dizendo bem-feito rssrs nao vou nem um pouco com a cara dela.
      Bom, dizem que gosto nao se discute ne? Li so até o terceiro e nao tenho nenhuma intenção de ler o ultimo. Entao, por enquanto, o que eu mais detestei foi o segundo. Meu deus como essa menina é insuportável! Eu achei a abordagem e o tema da historia super legal! E eu acho que as notas poderia até ser um 4 se nao fosse pela protagonista.
      Você disse que gostou dos livros, mas você gosta da Nora? Pq tipo, eu fico com vontade de entrar na historia so pra bater nela e.e
      Bjs

      Maria Clara

      Excluir