Conversinha - Os homens que não amavam as mulheres

Olá pessoal

Mais um livro lido e bota LIVRO nesse livro, simplesmente amei...até a página 100 achei arrastado, pq estava contando a vida dos personagens e tals, depois o mistério foi jogado no ar e daí pra frente foi só tensão e atenção, rsrsr

É lógico que já estou com o segundo livro aqui na mão pq essa trilogia é um luxo!

Bom, amei os personagens nada tracidionais desse livro, Lisbeth então é tudodibom, junto com o Mikael, arrasaram nas investigações, na sintonia entre ambos e o final foi revoltante, mas tudo bem, pq tenho mais dois livros pra ler e me deliciar!

Super indico...


Primeiro volume de trilogia cult de mistério que se tornou fenômeno mundial de vendas, Os homens que não amavam as mulheres traz uma dupla irresistível de protagonistas-detetives: o jornalista Mikael Blomkvist e a genial e perturbada hacker Lisbeth Salander. Juntos eles desvelam uma trama verdadeiramente escabrosa envolvendo a elite sueca.

Os homens que não amavam as mulheres é um enigma a portas fechadas - passa-se na circunvizinhança de uma ilha. Em 1966, Harriet Vanger, jovem herdeira de um império industrial, some sem deixar vestígios. No dia de seu desaparecimento, fechara-se o acesso à ilha onde ela e diversos membros de sua extensa família se encontravam. Desde então, a cada ano, Henrik Vanger, o veelho patriarca do clã, recebe uma flor emoldurada - o mesmo presente que Harriet lhe dava, até desaparecer. Ou ser morta. Pois Henrik está convencido de que ela foi assassinada. E que um Vanger a matou.

Quase quarenta anos depois o industrial contrata o jornalista Mikael Blomkvist para conduzir uma investigação particular. Mikael, que acabara de ser condenado por difamação contra o financista Wennerström, preocupa-se com a crise de credibilidade que atinge sua revista, a Millennium. Henrik lhe oferece proteção para a Millennium e provas contra Wennerström, se o jornalista consentir em investigar o assassinato de Harriet. Mikael descobre que suas inquirições não são bem-vindas pela família Vanger. E que muitos querem vê-lo pelas costas. De preferência, morto. Com o auxílio de Lisbeth Salander, que conta com uma mente infatigável para a busca de dados - de preferência, os mais sórdidos -, ele logo percebe que a trilha de segredos e perversidades do clã industrial recua até muito antes do desaparecimento ou morte de Harriet. E segue até muito depois.... até um momento presente, desconfortavelmente presente

Bora ler o outro antes de terminar 2014????

beijos e feliz natal

<3

0 comentários:

Postar um comentário