Último dia do mês, último livro lido, hehehe

Pelo menos cumpri a minha meta do Leitura Mágica certinho esse mês, Incendeia-me foi o livro do tema distopia.

Bom...confesso que nesse terceiro livro achei algumas partes bem chatinhas, principalmente aquelas em que Juliette ficou confusa em relação aos seus sentimentos entre Adam X Warner.

Porém foi legal vê-la dominando seu poder, controlando sua força e sua capacidade de destruição e tudo o mais.
É lógico que ela e os poucos resistentes que sobraram + a ajuda do Warner derrotaram O restabelecimento e ela deu fim ao escroto do Supremo, o Anderson, pai de Adam, Warner e James.

O final deu a entender que a luta continuará, mas que ela está pronta para liderar essa resistência pelo controle do mundo novamente.

Enfim...é isso!

Incendeia-me - UM DIA EU POSSO ROMPER
UM DIA EU POSSO R O M P E R
E ME LIBERTAR
NADA MAIS VAI SER IGUAL

O destino do Ponto Ômega é desconhecido. Todas as pessoas com quem Juliette se importa podem estar mortas. Talvez a guerra tenha chegado ao fim antes mesmo de ter começado.
Juliette foi a única que restou no caminho d O Restabelecimento. E sabe que, se ela sobreviver, O
Restabelecimento não sobreviverá.

Entretanto, para destruir O Restabelecimento e o homem que quase a matou, Juliette vai precisar da ajuda de alguém em quem nunca pensou que pudesse confiar: Warner. Enquanto eles lutam juntos para combater o inimigo, Juliette descobre que tudo que ela pensava saber sobre seu poder, sobre Warner e até mesmo Adam era uma mentira.


Bora correr pros livros de abril! e o ano está voandooooo

beijossss
Olá pessoal

Ainda agora terminei a leitura do livro A Rainha Normanda da Patricia Bracewell, um romance de época misturando fatos históricos com ficção...bem gostosinho de ler, curto e a leitura flui bem pra quem gosta do estilo, só me desesperei um pouco pq vi que é uma trilogia e ainnn como demora sempre a sair os outros volumes, mas vamos em frente, que uma hora sai.

Gostei mto da rainha Emma, de sua força e personalidade, bondade e perseverança...
uma menina que aos poucos foi se transformando numa verdadeira rainha e pelo pouco que percebi, exercerá um grande poder na história da Inglaterra.
Já o rei Ethelred, um bananão psicótico, assombrado pelo fantasma do irmão assassinado, um fato que não ficou claro, se ele teve participação nesse assassinio ou não, veremos se nos próximos livros mais alguma coisa é elucidada.

Enfim...vale a pena! boa distração para os amantes do estilo!

A Rainha Normanda - “Patricia Bracewell enriquece o gênero da ficção histórica com um livro altamente interessante.” – Publisher’s Weekly

“A rainha normanda é uma trama repleta de rivalidade política, escândalos da corte e disputas entre membros da nobreza, do clero e da realeza. Fãs de sagas históricas e de enredos românticos vão adorar este livro.” – Library Journal

Em 1002, Emma da Normandia, uma nobre de apenas 15 anos, atravessa o Mar Estreito para se casar. O homem destinado a ser seu marido é o poderoso rei da Inglaterra, Æthelred II, muito mais velho que ela e já pai de vários filhos. A primeira vez que ela o vê é à porta da catedral, no dia da cerimônia. 

Assim, de uma hora para outra, Emma se torna parte de uma corte traiçoeira, presa a um marido temperamental e bruto, que não confia nela. Além disso, está cercada de enteados que se ressentem de sua presença e é obrigada a lidar com uma rival muito envolvente que cobiça tanto seu marido quanto sua coroa.

Determinada a vencer seus adversários, Emma forja alianças com pessoas influentes na corte e conquista a afeição do povo inglês. Mas o despertar de seu amor por um homem que não é seu marido e a iminente ameaça de uma invasão viking colocam em perigo sua posição como rainha e sua própria vida.

Baseado em acontecimentos reais registrados na Crônica Anglo-saxã, A rainha normanda conduz o leitor por um período histórico fascinante e esquecido, no qual fantasmas vigiam os salões do poder, a mão de Deus está presente em cada ação e a morte é uma ameaça sempre à espreita. 

Governando na época compreendida entre o rei Artur e a rainha Elisabeth I, a rainha Emma é uma heroína inesquecível cuja luta para encontrar seu lugar no mundo continua fascinante até hoje.


Bom, é isso por hora, quem sabe mais tarde volto com o último livro lido, afinal são só 1h07 da madruga, rsrs

bjsss
Olá pessoal

Eis as minhas páginas do projeto Leitura Mágica no tema sick-lit...li dois livros para o tema, um odiei e outro amei, heheheh e fica aqui o registro.



Bom, então é isso, ainda estou lendo o outro tema que é distopia, assim que terminar volto pra mostrar a página para vcs!

bjssss

<3
Olá pessoal

Enfim um livro que não me decepcionou, apesar de ser infanto-juvenil, é de uma sensibilidade incrível, com uma narrativa envolvente e muito cativante. Amei demais!

Impossível não se apaixonar por esse menininho "que o universo não ajudou" que nasceu com tantos problemas, causa espanto ao se olhar, mas tem um coração imenso e uma bondade ímpar e inigualável!

Amei a forma como a autora escreveu, dando vozes à todos as personagens principais, intercalando-as e nos fazendo ver como cada um via a situação e como viam Auggie.
Amei Via (Olívia) a irmã de Auggie, uma adolescente super cabeça e que realmente ama o irmão, apesar de alguns draminhas de consciência, sempre acabou fazendo o melhor e sendo uma boa pessoa e uma ótima irmã.

Quem não queria ter pais como os de Auggie, super carinhosos, protetores, preocupados e tão gente boa!!! Nota 10 para os dois!

E é lógico, não poderia deixar de mencionar Daisy a cadelinha da família e a forma como Auggie enxergava seu coração, pois ele sabia que para Daisy ele era normal, não era feio, não era deformado e nem diferente.

SUPER INDICO! alías, digo mais, devia ser uma leitura obrigatória a todos.

Extraordinário - August Pullman, o Auggie, nasceu com uma síndrome genética cuja sequela é uma severa deformidade facial, que lhe impôs diversas cirurgias e complicações médicas. Por isso ele nunca frequentou uma escola de verdade... até agora. Todo mundo sabe que é difícil ser um aluno novo, mais ainda quando se tem um rosto tão diferente. Prestes a começar o quinto ano em um colégio particular de Nova York, Auggie tem uma missão nada fácil pela frente: convencer os colegas de que, apesar da aparência incomum, ele é um menino igual a todos os outros.

Narrado da perspectiva de Auggie e também de seus familiares e amigos, com momentos comoventes e outros descontraídos, Extraordinário consegue captar o impacto que um menino pode causar na vida e no comportamento de todos, família, amigos e comunidade - um impacto forte, comovente e, sem dúvida nenhuma, extraordinariamente positivo, que vai tocar todo tipo de leitor.


Bom, com esse livro cumpro a minha meta Livro sick-lit do projeto Leitura Mágica, agora preciso correr e ler a distopia, que será Incendeia-me!
Olá pessoal

Bora ver os últimos livros que comprei/troquei no mês passado (sim, ainda!!!) que não tinha mostrado por aqui...


* O dominador - Tess Gerritsen

* Jardim de Inverno - Kristin Hannah

* Becky Bloom - Delírios de consumo na 5ª avenida - Sophie Kinsella

* As listas de consumo de Becky Bloom - Sophie Kinsella

* Arroz de palma - Francisco Azevedo


Bom...então é isso, post rapidinho!!!

bjsss

Leila
Olá

Eis que já começo a segundona com a missão cumprida, amo isso! Mas isso se torna mais fácil quando pegamos um livro bom e com poucas páginas.

O sorteado da vez no choose one book foi Desaparecido para sempre do Harlan Coben (primeiro livro que leio desse autor) e posso dizer que gostei bastante da forma que o autor escreve e narra a história, vai lançando as personagens aos poucos e as amarrando umas às outras, a história sofre alguns reviravoltas e ainda me surpreendi no final (amo isso também)!!!

Acho que foi uma boa estréia e creio que posso vir a ser uma "harlenzete" como diria minhas amigas Leticia Becker e Aline Alencrar, heheheh

Indico!

Desaparecido Para Sempre - No leito de morte, a mãe de Will Klein lhe faz uma revelação: seu irmão mais velho, Ken, desaparecido há 11 anos e acusado do assassinato de sua vizinha Julie Miller, estaria vivo. Embora a polícia o considere um fugitivo, a família sempre acreditou em sua inocência. Ainda aturdido por essa descoberta e tentando entender o que realmente aconteceu com seu irmão, Will se depara com outro mistério: Sheila, seu grande amor, some de repente, e o FBI suspeita do envolvimento dela no assassinato de dois homens. Apesar de estarem juntos há quase um ano, Sheila nunca revelou muito sobre o seu passado. Enquanto isso, Philip McGuane e John Asselta, dois criminosos que foram amigos de infância de Ken, passam inexplicavelmente a rondar a vida de Will. Para descobrir a verdade por trás desses acontecimentos, ele conta apenas com a ajuda de Squares - seu colega de trabalho em uma fundação de assistência a jovens carentes e proprietário de uma escola de ioga famosa entre as celebridades, o que lhe garante acesso a topo tipo de pessoas e de informações. Mestre do thriller de ação, Harlan Coben se supera nesta eletrizante história cheia de incríveis reviravoltas. Um suspense que mostra a busca pelo assassino, pela vítima e, acima de tudo, pela verdade.

Bom, então é isso, bora garrar no próximo que já está definido: Extraordinário.

Boa semana!

bjins

Leila
OLá pessoal

Eis que terminei hoje a tarde o livro dessa semana do projeto #52em52 e acho que me superei pois consegui ler um livro de 500 páginas.

O sorteado no Choose one book foi O mapa dos ossos de James Rollins (série Força Sigma).

Gostei do livro, mas confesso que achei repetitivo, mas não por causa da escrita, história e tals, mas pq me pareceu que eu estava lendo uma versão ou cópia de O código Da Vinci do Dan Brown, a narrativa é a mesma, o lance de enigmas que levam à outro local e assim por diante...fiquei o tempo todo tendo dejavús, kkk

Eu sei, eu sei...sou uma chata literária! kkkk

Lógico que muda-se o cenário (nem tanto) as personagens e a história de fundo, mas mesmo assim pareceu muito igual para mim. Espero que os outros dois da série que tenho aqui sejam bem diferentes para que eu possa me empolgar, porque na verdade não me motivou a querer ler mais (tanto que coloquei o próximo da série no choose one book novamente, pq não vou ler na sequencia).

O Mapa dos Ossos - Um grupo de mercenários disfarçados de monges rouba ossos dos Reis Magos e extermina fiéis com hóstias envenenadas. Ao seguir a única pista deixada pelos assassinos ? o símbolo de dragão na roupa do líder ?, a equipe de Gray Pierce se depara com um segredo sagrado há muito perdido e que colocará as chaves do mundo na mão do seu descobridor. É impossível largar esse romance enquanto não terminar a corrida contra o tempo para salvar o planeta de uma fraternidade tão antiga e secreta quanto mortal 

Bora pro próximo que terá Harlan Coben estreando na minha vida literária!!!

beijocas e bom final de semana

<3
Bom, quero logo fazer essa conversinha enquanto estou aqui fervendo de indignação e decepção com o final do livro, kkkk

Mas....vou começar do começo!

O livro inicia-se devagar, sem prender muito a atenção, diria que até um pouco cansativo...depois melhora significativamente qdo Edgar passa a ser a personagem principal mesmo, uma criança especial e muito sensitiva.
Achei bacana o livro mostrar que mudos (e diria que tb os surdos) podem ter uma vida normal e desempenhar tarefas como quaisquer outras pessoas.
Ameiiiiiii os capítulos narrados por Almondine a cachorrinha que sempre cuidou de Edgar, que foi a voz dele qdo bebê avisando à mãe de Edgar que ele tinha acordado, que estava chorando e por aí afora, lógico que ela era quase que uma extensão do menino. Saber dos seus pensamentos foi muito legal, ter a visão dela da vida, dos humanos fantástico.
Gostei muito também de todos os cachorros apresentados e desenvolvidos na trama, mostram um lado fiel, leal e inteligente dos cães. (acredito que o autor deve gostar muito dos cães para ter uma visão tão bonita desses belos companheiros).

Lá pro meio do livro, com a morte do pai de Edgar o negócio se complica, as coisas saem dos eixos e já nesse ponto queria DAR UNS TAPAS em Trudy, mãe de Edgar, gente, fala sério, que mãe manda um filho de 14 anos fugir pro meio da floresta, sem o menino ter feito nada de errado, vamos combinar, dá vontade de pegar um pedaço de pau e dar na cabeça dessa pessoa...afff mil vezes!

Tudo muito que bom, tudo muito que bem, até que chegamos ao desfecho do livro. Oi? Senhor autor, o digníssimo cansou da história e resolver simplesmente dar um tiro e encerrar tudo??? tá certo isso produção, as injustiças ficarem por assim mesmo, coisas mal resolvidas etc e tal?
NÃO CURTI, ODIEI ESSE FINAL!!!!
Pronto, falei!

E só por causa desse final horrendo não indico o livro! Tinha tudo para ser um bom livro, preferiria um final clichê e manjado...estaria de bom tamanho e muito bom pra encerrar...o livro deu o seu recado, mas perdeu o leitor nas últimas páginas!
A História de Edgar Sawtelle - Mudo desde o nascimento, Edgar Sawtelle se comunica apenas por sinais e bilhetes. Leva uma vida serena com os pais na fazenda da família, em um lugar remoto dos Estados Unidos. Ao longo de gerações, os Sawtelles criaram e treinaram uma raça de cães cujo dedicado companheirismo tem sua síntese em Almondine, a amiga e eterna aliada de Edgar. A volta inesperada de Claude, o tio paterno, leva o caos ao então pacífico lar dos Sawtelles. Após a morte repentina do pai de Edgar, Claude se insinua na vida da fazenda e conquista o afeto da mãe do menino.

Confuso e dominado pelo sofrimento, o rapaz tenta provar que Claude teve algum papel naquela morte, mas esse plano fracassa e se volta contra Edgar, resultando em novas tragédias. Ao fugir para a área florestal nos limites da fazenda, Edgar amadurece em contato com a vida selvagem, ao lutar pela própria sobrevivência e a dos três jovens cães que o acompanharam. Contudo, a necessidade de apontar e de enfrentar o assassino do pai e a devoção aos cachorros sawtelle fazem o menino voltar para casa.


Sobre o autor:
DAVID WROBLEWSKI cresceu na área rural do estado de Wisconsin, nos Estados Unidos, próximo à Floresta Nacional Chequamegon, cenário da história dos Sawtelles. Mestre pelo Warren Wilson MFA Program for Writers (Programa para Escritores do Warren Wilson College), vive no Colorado com a mulher, a escritora Kimberly McClintock, e com a cadela Lola. A história de Edgar Sawtelle é seu primeiro romance.


Bom, bora pro próximo que ultimamente não tenho dado muita sorte!
Affff

bjsss

Leila
Olá pessoal

Tão bom começar a semana já com o livro do projeto finalizado...eu comecei Sexo e Compras semana passada, mas vi que não conseguiria terminar, peguei um com menos páginas e deixei pra finalizar o Sexo e Compras nessa semana. Missão cumprida!

Agora vou cair dentro do tema sick-lit do Leitura Mágica...

Bom...o que dizer dessa autobiografia? Creio que foi o primeiro livro que li nesse estilo e a narrativa foi boa (não poderia ser diferente com Judith Krantz, né?) mas pra mim algo meio surreal...ela teve uma vida de glamour, como a maioria das suas personagens fictícias...teve tudo às mãos, porém também correu atrás do que queria. Mas é meio difícil imaginar uma vida entre celebridades (Joan Collins, Frank Sinatra, Jack Nicholson, Condessas, Embaixatrizes e por aí afora) é um mundo tão "irreal" para mim que foi o mesmo que ler um romance, heheheh

Já li todos os livros dela e apesar de não lembrar muito bem das histórias, pois os li há vários anos, sei que gostei de todos e foi legal ver o processo criativo dela, ver o trabalho que dá escrever o livro, as pesquisas, as contruções das personagens e etc.

Pena que tenho zilhões de livros para ler aqui, porque até me deu vontade de reler alguns!

Enfim...se vc já leu os livros dela ou quiser saber como é uma vida glamourosa (porém com seus dramas e traumas lógico) te indico essa autobiografia!

Sexo e Compras - Judith Krantz, uma das autoras americanas mais populares das últimas décadas, oferece aos leitores, nestas memórias, um dos melhores livros que escreveu ao longo de sua carreira. Uma autobiografia inteligente com os mesmos ingredientes que a consagraram como romancista: glamour, riqueza, fama, sofisticação e aventuras secretas. Um livro cativante, de leitura tão agradável quanto os seus maiores sucessos.


É isso por hoje pessoal!

bjinsss

Leila
Olá pessoal

Esse mês não consegui comprar nenhum livrinho ainda, o $$ tá escasso na minha carteira, kkk

Mas ainda tenho alguns que chegaram mês passado para mostrar...


Amo as promos do Submarino e alucinei qdo vi essa trilogia O século do Ken Follett por 76,90...e é lógico que não podia perder e mandei pro carrinho!

Agora o primeiro livro está no choose one book esperando a sua vez de ser lido!

bjkass

<3
Olá pessoal

Esse é o livro que li para a semana 9 do #52em52, na verdade comecei Sexo e Compras da Judith Krantz, mas por ele ser um livro mais grossinho vi que não ia conseguir terminar dentro do prazo e parti para um água com açúcar e assim me garantir na leitura da semana.

Esse "o problema com o dia dos namorados" é da série Chinooks Hokey team da Rachel Gibson e é daqueles livros despretensiosos, que lemos em uma sentada, sem pensar, só relaxando...com cenas hots, porém ser ser banal demais. Como eu disse é uma boa leitura para espairecer, de repente ler naquelas epócas de ressaca literária.

"Kate Hamilton deveria saber. Abandonada por seu namorado, estressado por seu trabalho, ela voltou a Gospel, Idaho, para descansar um pouco de diversão de cidade pequena. Mas quando sua primeira tentativa de seduzir um estranho bonitão é completamente rejeitada, ela se pergunta o que mais poderia dar errado.
Então, ela se vê cara-a-cara com Rob Sutter, o  louco jogador de hóquei, proprietário de Sutter Esportes - e o estranho bonitão que lhe disse para se perder.
Rob tem sido mais do que queimado no amor -, mas depois que ele e Kate se encontram em uma posição ultra-comprometer no mercado de M & S depois de horas, dando a frase "clean-up no corredor cinco" um significado totalmente novo, e causando um monte de fofocas em Gospel."


Bom, é isso por hoje. Deixa eu voltar pro Sexo e Compras que é bem bom!!! rs

bjssss

Leila
Olá pessoal

Devendo meus registros dos livros lidos em fevereiro, só consegui fazer essa big tag para o álbum do Leitura Mágica....fevereiro teve dois temas, clássico brasileiro e fantasia, só terminei o clássico, fantasia vou lendo aos poucos agora para não atrasar as leituras de março e qdo terminar venho mostrar pra vcs.

Eu escolhi Érico Veríssimo - O tempo e o vento, li o livro O continente parte 1 e ameiiiiiiiiiiii. Estou com esses livros do Érico aqui há anos e nada como um incentivo para ler, não?

Super vale a pena!

Usei uma embalagem vazia da Prima para fazer a big tag e escrevi com a minha antiga maquininha de escrever (preciso comprar outra fita,para ficar mais visível)... o registro está super simples e sucinto e sem mto volume, pq esse álbum vai aguentar até final do ano não! kkkkkkkk

Vou revelar as fotos dos projetos #52em52 e desafio das capas para fazer os registros, a qq momento volto com eles, rs


Bom, é isso por hoje.

beijosssss

Leila