#52em52 - Semana 17 - As cabeças trocadas

Olá pessoal

O livro dessa semana do projeto #52em52 é uma lenda indiana contada pelo autor Thomas Mann, é um livro bem diferente do que costumo ler, cheio de reflexões e indagações sobre o belo e o erudito, fala também sobre atração sexual e o culto à beleza...é lógico que a narrativa é permeada pelos costumes e deuses da India...

Um triangulo amoroso é formado no decorrer da história e só é desfeito com a morte das personagens, enfim...nem sei dizer se indico ou não, porém se vc quiser uma leitura mais reflexiva e com um tema sempre atual que é corpo x espiritualidade, vale a leitura.

As Cabeças Trocadas - O grande escritor alemão Thomas Mann foi buscar em uma antiga lenda indiana a inspiração necessária para a escrever 'As cabeças trocadas'. Nele, Sita, 'a despertada para o amor', é uma mulher dividida entre a paixão por dois homens. Ela se casa com o erudito Shridaman, mas acaba deixando-se encantar pelo inseparável amigo do marido, Nanda, um alegre e sensual ferreiro. Aos olhos de Sita, os dois companheiros de infância, de temperamentos tão diferentes, parecem complementar-se e acabam por seduzi-la. O triângulo amoroso é o ponto de partida da narrativa fascinante de Thomas Mann e serve ao autor como um pretexto para abordar questões eróticas. Não por acaso, ele vai retirar o enredo de 'As cabeças trocadas' diretamente da mitologia indiana, berço do maior clássico da literatura erótica universal, o Kama sutra. Entre discursos metafísicos e citações a deuses da mitologia hinduísta, Thomas Mann realiza uma síntese das culturas oriental e ocidental através do inevitável conflito entre corpo e alma e questiona as leis que regem o desejo e a culpa.

Bom, é isso por hoje.

bjins

Um comentário:

  1. Parece legal, mas não vai ser por esses dias não... fica para outra vez!

    ResponderExcluir