#52em52 - Semana 40

Olá pessoal

Por aqui tentando me animar e voltar ao meu ritmo normal de leituras, mas ainda tá meio estranho. Porém preciso correr pois já estou atrasada nos desafios literários e quero terminar o ano sem pendencias, então vamos lá...

Para a semana 40 do projeto #52em52 escolhi Madrugadas de desejo da Jayne Fresina. Livro legal, gostosinho de ler, bem estilo romance de banca, uma leitura leve, para relaxar mesmo, sem ficar pensando muito ou analisando nada, heheh

Só acho engraçado o tanto que as mocinhas "de época" eram avançadas para o seu tempo nesses livros e todas, todas se dão bem, contrário ao que nós sabemos que realmente acontecia na época. Mas tá valendo, afinal é just for fun!

Um jogo de mistério e sedução que não terminará a menos que os dois se entreguem. A Inglaterra do século XIX é elegante, charmosa e aventureira. Um lugar onde é difícil não se deixar levar pelos deliciosos (e perigosos) jogos que lords e ladies libertinamente experimentam. Não poderia ser diferente na bela Brighton, o lar de Ellie Vyne e James Hartley: inimigos declarados desde a infância. Ellie sempre foi uma mulher de ideias a frente de seu tempo, temperamento forte, ousada e, principalmente, avessa a todas as tentativas de suas irmãs para lhe arrumarem um marido. Afinal, com 27 anos era um absurdo ainda perambular sozinha por aí. E é claro que James, um dos solteiros mais cobiçados da cidade, fazia questão de deixar clara sua desaprovação. Durante suas misteriosas escapadas, Ellie rouba algo muito precioso de James, que não terá paz até descobrir a identidade do ladrão. Querendo ou não, eles estão cada vez mais próximos. Como resistir ao charme de James e levar sua mentira adiante? Nesse jogo de perdição, Ellie arriscará tudo, inclusive seu coração. Enquanto James tenta desvendar o segredo da jovem, o desejo proibido que surge entre os dois será capaz de romper com todas as regras da alta sociedade inglesa.


Agora é decidir qual será o próximo da vez ou se terei coragem de terminar o fútil Mães em guerra!

0 comentários:

Postar um comentário